Ultimas postagens.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Jacareacanga: Criança de 1 anos e 6 meses morreu asfixiada.


As informações repassadas pela mãe a Polícia Cívil de Jacareacanga, relatam que por volta das 9h, a mesma teria deitado na rede para amamentar o seu bebê, e acabou caindo no sono dormindo junto com ele.

Segundo ela, ao acordar por volta das 14h, foi quando se deparou com o seu bebê já morto, possivelmente asfixiado.

Segundo informações policiais, o médico de plantão, fez a análise prévia e detectou a causa da morte por asfixia.


Segundo o delegado Djalma Pereira, que responde pela delegacia de Jacareacanga, a mãe deverá ser indiciada por crime culposo, quando não há intenção de matar.

Segundo as informações, a criança, tinha 1 ano e 6 meses de vida!!

ORIENTAÇÃO

Casos de crianças que morrem acidentalmente por asfixia ocorrem em todo o País. Para evitar uma tragédia são necessários uma série de cuidados que começam na hora da amamentação.

Socorristas orientam que a cabeça da criança deve permanecer erguida e o corpo inclinado para facilitar a ingestão do leite. Além do leite, é normal que aconteça também a ingestão de um grande volume de ar. Então, o risco de que o líquido pare no pulmão é muito grande, por isso é importante manter a posição indicada.

Outro fator que também ocasiona morte por asfixia é a posição na hora de dormir. É necessário colocar a criança de uma maneira correta, sem risco de engasgo ou sufocamento. Eles devem ser colocados de lado. Para evitar que virem o corpo, toalhas enroladas podem ser utilizadas para servir como uma espécie de cocho para que permaneçam na posição adequada. O esquema serve para evitar que o vômito volte para a garganta caso o bebê passe mal.

Os profissionais também alertam que a criança deve dormir no próprio berço e não na mesma cama com os pais. Se mesmo com todos esses cuidados o bebê se asfixiar, é preciso agir rápido e acionar uma equipe médica.

Port@l do Oeste News.
Fonte Anderson Pantoja/Portal Buré.