Ultimas postagens.

sábado, 24 de março de 2018

Suspeito de atear fogo em viatura policial em Curuá é transferido para penitenciária de Santarém.


Policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Civil acompanharam a transferência de Eldo Pinheiro.

Uma equipe de investigadores da Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará, acompanhou na tarde de sexta-feira (23) a transferência de Eldo Pinheiro Sarmento, conhecido como "Dieta", que confessou ter ateado fogo em uma viatura da Polícia Civil no município de Curuá por motivo de vingança, no dia 21 deste mês.

Os investigadores Marcos Adriano, Bruna Rego, Artur Vinícus, o chefe de operações Hélio Rego e o delegado de Óbidos, Thiago Mendes, chegaram ao nome do suspeito após minuciosa investigação, análise de imagens de circuito de monitoramento.

Elder teve mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça um dia após o crime. Ele foi localizado pelos policiais no distrito de Flexal, município de Óbidos, distante 12 quilômetros de Curuá, onde ateou fogo na viatura.

Em seu depoimento, Eldo declarou: "Eu ia tocar fogo na viatura da polícia militar, não toquei porque não achei". O preso estava na condicional pelo crime de tráfico de drogas.

Logo após a chegada a Santarém no final da tarde de sexta-feira, Eldo foi levado para a central de triagem do Centro de Rceuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, onde ficará à disposição da justiça.

Port@l do Oeste News.
G1 Santarém.